EJE APRESENTA NOVA EQUIPE DIRIGENTE

EJE


No dia 11 de janeiro, a comunidade paroquial conheceu os dirigentes que conduzirão o movimento EJE – Encontro de Jovens das Escolas ao longo de 2015.


Os jovens foram apresentados pelos dirigentes do ano anterior. João Vitor Ribeiro e Victoria Moraes passaram a pasta de Pós-Encontro aos jovens Vinícius Lopes e Bruna Tosatte.


A pasta de Finanças, também conhecida como Promoção, era conduzida pelos jovens Matheus França e Bruna Tosatte e agora são responsáveis Breno Araújo e Júlia Cássia. E Diogo Rafael e Alana Aguiar estarão à frente da pasta Liturgia, que tinha como dirigentes os jovens Rodrigo Sales e Ana Carolina Souza. O casal Sérgio e Léa passaram ao casal Bruno e Mariana a responsabilidade de acompanhar os seis jovens ao longo do ano.


Boa sorte e bênçãos para a equipe que assume a coordenação e muito obrigado aos jovens e casal que deixam as pastas dirigentes!

Carta de Apresentação do EJE

1 ORIGEM DO EJE
Em 1985, um grupo de jovens cristãos de nome JAC, juntamente com outros jovens do Gama-DF, trouxe para a cidade de Sobradinho, o Encontro de Jovens das Escolas – EJE.
Seu objetivo era o de promover nas escolas um encontro de jovens, podendo mostrar-lhes o seu papel na Igreja, escola, família, enfim, com a sociedade e principalmente com Deus. Então, no dia 8 de outubro de 1985, foi realizado o primeiro Encontro de Jovens das Escolas de Sobradinho – DF que anos depois se vinculou à Paróquia Bom Jesus dos Migrantes.
O EJE cresceu, tornou-se um Movimento Jovem e em 26 de Agosto de 2001, foi realizado o primeiro Encontro de Jovens das Escolas na Paróquia São José, localizada no Setor Oeste de Sobradinho, a pedido do Pe. Raimundo devido à necessidade de um movimento jovem nesta Paróquia que acolhesse muitos jovens.
Em 2009, o Movimento EJE da Paróquia São José foi convidado a implantar o EJE em mais uma cidade, Planaltina do Goiás também conhecida como Brasilinha. O I Encontro de Jovens das Escolas foi realizado no mês de novembro do mesmo ano.


2 ORGANIZAÇÃO
O EJE é um movimento da Igreja Católica Apostólica Romana, não-renovada e tem como Padroeiro do encontro o próprio Cristo. Como suas atividades são voltadas aos jovens em idade escolar, evita-se durante o encontro se tratar assuntos referentes exclusivamente à doutrina católica, pois podem haver encontristas de outros credos. Não obstante isso, o EJE é católico e tem toda a sua formação baseada nos valores da igreja.
O encontro é feito para adolescentes entre 15 e 18 anos que estejam matriculados nas escolas da cidade ou que participem efetivamente dos outros eventos. O EJE apresenta, na sua estrutura interna, maioria jovem, com notável presença de casais apoio em algumas equipes. Todo o trabalho desenvolvido é voluntário e grande parte do material utilizado é conseguido por meio de doações da comunidade em geral.
No EJE, o jovem é chamado de ejista, do dia que fez o encontro até o dia em que tiver a oportunidade de trabalhar em um EJE.


3 OBJETIVOS E FORMAÇÃO
Baseado na força de vontade dos seus participantes, o EJE busca mostrar aos jovens encontristas os valores cristãos, seu papel na comunidade, quem é Jesus Cristo e quais importantes ensinamentos ele deixou para nós, alertar para o problema das drogas e do álcool, a importância da família, além da oportunidade de conhecer outros jovens e fazer grandes amizades.
Após fazer o encontro, o jovem é convidado a participar das atividades que o movimento, juntamente com a Igreja Católica, lhe oferece. Dessa forma, o encontrista tem, através da sua caminhada, a oportunidade de conhecer ainda mais a Palavra de Deus e de trabalhar para que outras pessoas também encontrem Jesus Cristo.


4 O EJE ENCONTRO E O EJE MOVIMENTO
Para entendermos um pouco a respeito da estrutura do EJE, é importante que saibamos a diferença entre o encontro e as atividades do movimento. O encontro é um evento realizado num domingo, marcado anteriormente pela equipe dirigente, durante o dia inteiro. Tem um cronograma fechado e toda uma estrutura de funcionamento já determinada.
O encontro é a porta de entrada para o EJE. Os interessados devem estar dentro da idade estipulada, terem concorrido às vagas e terem preenchido a ficha de inscrição. Após tê-lo feito, o jovem passa a fazer parte oficialmente do movimento e a ser chamado para outras atividades.
Essas outras atividades, realizadas ao longo de todo o ano, constituem o EJE movimento. São abertas a toda a comunidade e variam de ano para ano, de equipe para equipe. Seus objetivos são o de formação, espiritualização e integração de nossos componentes e, além disso, a arrecadação de materiais para o encontro. Para que esses objetivos sejam alcançados, são realizados festivais de músicas católicas, retiros, espiritualizações, tardes de formação, vigílias, gincanas, festas, etc., e também uma formação direcionada às escolas.
Portanto, é importante saber que além do encontro, o EJE oferece outros eventos para seus encontristas, cuja participação de todos é fundamental para o crescimento do movimento.


5 LEMA DO EJE
“Eu vivo, mas já não sou eu: é Cristo quem vive em mim” – Gal. 2:20. Essa passagem bíblica é o lema oficial do encontro e reflete bem o espírito do EJE: um grupo de jovens que, iluminados pelo Espírito Santo, tentam levar a outras pessoas as palavras e obras de Deus, em total doação de seus trabalhos, mostrando outra realidade de vida, longe das drogas e de outros vícios e junto do Pai.
A camiseta é outro marcante símbolo do movimento, com a foto do Cristo-tema na frente e a sua respectiva frase-lema nas costas. É aconselhável que ela seja utilizada em todos os eventos do encontro, para que, dessa forma, o grupo esteja representado.

Paróquia Bom Jesus dos Migrantes -
Arquidiocese de Brasília Quadra 04
Área Especial nº 02 Sobradinho -DF -
CEP: 73.025 - 040
Fone: (61) 3591 4684